quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Preconceitos e discriminação

Ele está em todo lugar, está impregnado na cabeça de várias pessoas que têm consigo um pensamento pequeno e fechado, está nos seus olhares, e na forma de pensar e agir de cada uma delas, não adianta é impossível no mundo de hoje não sofrer ou ao menos vivenciar um ato de preconceito. Na minha curta existência, já presenciei vários desses atos ridículos que ao meu ponto de vista, são atos de grande ignorância.


 Mas afinal, o que é o preconceito?

Como o nome já diz é o pré-conceito, ou seja, uma opinião formada antes de se ter os conhecimentos adequados.
Qual a diferença entre preconceito e discriminação?
Preconceito é a ideia, o pensamento. Discriminação é a ideia colocada em "prática''. Exemplo: Você pode não gostar de homossexuais, esse é um preconceito. A partir do momento que você passa a insulta-los ou qualquer outro tipo de atitude, é a discriminação.
Tipos de preconceitos
Há inúmeros tipos de preconceitos, os mais conhecidos e praticados na sociedade atual são:

• Racismo
• Preconceito social
• Preconceito Religioso
• Preconceito contra as mulheres
• Preconceito contra pessoas de outra orientação sexual
• Preconceito com idosos
• Preconceito com pessoas de determinados grupos
• Preconceitos com pessoas com alguma deficiência física ou mental
• Preconceitos com determinadas culturas
• Preconceitos com pessoas que possuem doenças graves, como o Câncer ou a AIDS
• Preconceitos com determinados trabalhos
 Lugares e exemplos da discriminação

No trabalho: Uma pessoa portadora do vírus HIV por exemplo, pode ter problemas ao conseguir um emprego pois muitas pessoas ainda possuem certas desconfianças em relação à transmissão do vírus.

Em horário de lazer:  Por exemplo, pode ser dito a uma pessoa que usa cadeira de rodas que não pode entrar num restaurante porque a sua cadeira de rodas ocupa muito espaço.

Na escola: Muitas escolas cansam de inventar desculpas para não matricular pessoas com deficiência física ou mental, isso é uma grande exemplo do tamanho preconceito, que vem da base do ensino e da educação.

Fim
Enfim, como eu disse a princípio, é impossível vivermos sem presenciar o preconceito, no nosso dia-à-dia se observarmos ele está ali, na nossa frente. O que temos que fazer é não nos deixar ser influenciados por essas pessoas de cabeça pequena e formar nossas próprias opiniões. Espero que tenham gostado da postagem. Mas e então, vocês tem, já sofreram ou vivenciaram algum tipo de preconceito? Contem.
Enquanto a cor da pele for mais importante que o brilho dos olhos, haverá guerra. 
Bob Marley

6 comentários:

@carolecarol disse...

Cara, teu blog é muito bom XD

Girl Teen ♥' disse...

Nouss acho horrivel essa coisas de preconceito e discriminação,coisa de gente que não tem o que fazer ;x Muito boum seu blog =D
http://girlteen-vip.blogspot.com/

Michelle Butterfly disse...

Conhecemos causa e razão por sermos diferentes. Sabemos que estas diferenças não desqualificam ou inferiorizam ninguém. Mas ainda me faz refletir esta frase do Albert Einstein: "Triste época! É mais fácil desintegrar um átomo que um preconceito."

Tonný disse...

O preconceito faz parte do ser humano, mais é horrivel! A pessoa tem um pensamento tao baixo pra falar mal dos outros, isso pode ate virar bullying (?)
Na minha escola tem muuuito disso, sei bem como é que éé rsersr


Bjzx http://popnewsmusic.blogspot.com/

Stéphanie disse...

Adorei o tema abordado, é de tamanha importância ter conhecimento de tudo isso.

Bjs

http://tvfabulous.blogspot.com

Yuki disse...

Eu não entendo as pessoas que tem preconceito. Sério mesmo. E um dos grandes responsáveis por isso, é a religião. Com certeza. Eu sou +/- católica, mas não concordo com muuuuuita coisa que ele prega. Mas tem muuuuita gente que agarra a isso. Po, invés de acreditar cegamente numa religião ou qualquer crença, porque que as pessoas não acreditam/respeitam as pessoas?!
Beijos!

http://blogfashion4fun.blogspot.com/