sábado, 9 de junho de 2012

Pensamentos da madrugada



Já é sábado, e ainda estou acordada teimo em não querer dormir nesta madrugada fria, onde os pensamentos estão prestes a congelar devido a baixa temperatura. Lá fora é tudo tão escuro, só há a luz das estrelas, que pouco conseguem iluminar, mas ainda assim que conseguem trazer um pouco de paz para esta noite silenciosa, onde a calmaria é tanta, que meu corpo grita, chora, berra, à procura de algo que venha fazer barulho, algo que arrase com meus planos, um terremoto de mudanças, que destrua o certo, que mude de rumo. Às vezes o bom não é o melhor, às vezes passo a querer algo que venha pra bagunçar, pois é na bagunça que acabo me achando, e na hora de arrumá-la é onde encontro aquilo que achava que havia perdido, aquilo que foi esquecido com o tempo, mas que terei a chance de tê-lo novamente, para desta vez cuidar melhor e não deixar com que se perca novamente.

2 comentários:

Yohana Sanfer disse...

Bela reflexão...vim do outro blog conhecer este aqui e achei td lindo! bjs

Jooci Andrade . disse...

sim , eu amo aqui , e não vou deixar de vir ♥
ok , acho que comentei no post errado , mas anyway , você entendeu :3
beeeijos e fica com Deus :*
http://contos-da-lua.blogspot.com.br/